Cidadania: Hacker - Tecnopolítica

Já ouviu sobre o termo tecnopolítica? Este é um tema que versa com o dia-a-dia da maioria dos cidadãos, em todo o mundo.

"Qual é o destino da democracia no tempo em que as tecnologias de informação e comunicação reformulam os lugares da política, rompem fronteiras, negam as mesmas restrições de espaço e tempo, da política à bioética, do direito à nova mídia: Todo o nosso sistema é inervado pelas tecnologias de informação e comunicação, com possibilidades sem precedentes de conhecimento e participação dos cidadãos, mas há também o risco de que sua penetração generalizada leve a uma sociedade de vigilância implacável" - Stefano Rodotà, em seu livro "Tecnopolítica: a democracia e a nova tecnologia da comunicação".

Natalia Zuazo, pesquisadora, autora do livro "Guerras de Internet", jornalista especializada no tema, questiona:

"Uber, Google for Education e Free Basics. Quem decide sobre tecnologia? Governos e sociedades enfrentam soluções que envolvem tecnologia, mas afetam a democracia e a sociedade. Como decidir sem cair no otimismo tecnológico ou na extrema paranóia tecno? Quem controla os dados e os lucros?"

Tecnopolítica também foi um dos temas discutidos na 3ª edição Internacional do LAVITS, em 2015.

Em tempos de biometria obrigatória, vigilância, eleições e política sobre dados, propomos uma discussão sobre o assunto na quinta-feira, dia 26/04, às 19h.

O esquema colaborativo continua o mesmo: além de sua presença, leve um petisco para compartilhar com os presentes.


Histórico: r3 < r2 < r1 — última revisão em 13 May 2018, por Geisa